Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.fps.edu.br/handle/4861/195
Title: Análise de um programa de educação permanente para equipe multiprofissional em um hospital de referência no interior de Pernambuco
Authors: TÔRRES, Lara Bianca Silva
Programa de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação para o Ensino na Área de Saúde
Keywords: Educação em saúde
Educação continuada
Educação profissional em saúde pública
Equipe multiprofissional
Issue Date: 2019
Abstract: Cenário: A Educação Permanente em Saúde (EPS) é uma ação educativa que ocorre no espaço coletivo de trabalho, atribuindo conhecimento técnico-científico com a finalidade de solucionar problemas que surgem no cotidiano da saúde. É proposta como uma forma de integração ensino-serviço que modifica as práticas profissionais, aprimora conhecimentos, habilidades e competências, visando a melhora na qualidade da assistência. Considerando que o ser humano encontra-se no incessante processo de aprendizagem e que a EPS é pauta constante na agenda de gestores da saúde, tais processos educacionais deveriam ser explorados no âmbito hospitalar, especialmente quando envolve uma equipe multidisciplinar. Objetivos: analisar um programa de educação permanente para equipe multiprofissional em um hospital de referência no interior de Pernambuco e realizar a validação teórica de um questionário elaborado para avaliação de programas de EPS. Método: realizou-se um estudo de corte transversal, no período de agosto de 2018 a janeiro de 2019. A população do estudo foi composta por 60 profissionais da saúde que participaram do programa de EPS oferecido pelo hospital. Foi utilizado um questionário submetido ao processo de validação teórica para coleta dos dados contendo 31 questões a respeito de programas de EPS. Participaram da validação de conteúdo 5 juízes com expertise na área de educação permanente e 10 juízes na validação semântica. O estudo foi autorizado pelo Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos da Faculdade Pernambucana de Saúde (CAAE: 90690418.7.0000.5569, parecer 2.713.578). Resultados: Todos os profissionais acreditam que a EPS contribui para ampliar seu conhecimento científico bem como proporcionar troca de experiência entre profissionais da saúde e apenas 11,6% acreditam não estar comprometidos com sua própria EPS. Quase todos os participantes (98,3%) consideram o hospital um lugar apropriado para atividades de EPS, apontando o desejo de aprimorar habilidades um fator motivador para participação na EPS. Considerações finais: O desenvolvimento do presente estudo possibilitou a análise de um programa de EPS para equipe multiprofissional em um hospital. O questionário elaborado e validado identificou que a EPS promove estratégias para solucionar problemas no exercício profissional e que o conteúdo do programa de EPS pode complementar os conhecimentos adquiridos na graduação dos profissionais da saúde. Ao descrever as ações educativas, observou-se que a EPS atende às expectativas dos trabalhadores e proporciona troca de experiências entre a equipe multiprofissional.
Description: Orientadora: Prof. Dra. Mônica Cristina Batista de Melo Coorientadora: Prof. Dra. Juliana Monteiro Costa
URI: http://repositorio.fps.edu.br/handle/4861/195
Appears in Collections:TCC (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lara B.png76.44 kBimage/pngView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.